JCast #145 -

Como assim você ainda não viu o filme novo do Puff? É, o ursinho, que agora chamam de Pooh. Faça isso, tipo assim, agora. Pronto? Muito bem, então bem vindo ao… aonde você vai? Ah ok, você pode interromper a introdução dessa semana pra buscar sorvete. Eu deixo. É quase obrigatório mesmo. Mas então, curtiu a trilha da Fernandinha Takai? Esse sim vale a pena ver dublado né? Mesmo não podendo apreciar o Craig Ferguson dublando a coruja. Ninguém nunca lembra o nome dela. A gente sempre esquece que todo aquele mundo é esquizofrenia do Christopher Robin. Isso é bem perturbador. Sempre esqueço também que todos ali são brinquedos de pelúcia. Você se lembra da pior forma possível, naquela parte em que o Pooh tem seu enchimento jogado pra fora. Temática pesada pras criancinhas e depois dizem que desenhos ocidentais são puritanos demais. Bem, sorvete em mãos? Ok, esse é mais um JCast, finalizando nosso preview de… brigadeiro? Até gosto, mas não da Nestlé.

(00:01:06-00:35:36) Rant: Harry Potter 7.2 e Ação Magazine

Harry Potter acabou, pelo menos por enquanto. Alguém duvida que os editores estejam nesse momento jogando pedras na janela da JK Rowling, implorando por qualquer coisa sua que seja escrita e contenha o nome “Harry Potter” na capa? Eu estaria fazendo isso, mantenha a grana entrando. Tomara que não façam mais nada, no entanto. As coisas precisam acabar. Sem contar que daqui há uns 50 anos os filmes serão muitos toscos e eles farão remakes. E nós poderemos apresentar a nova versão desses filmes para nossos netos. Mais um motivo pra estar vivo, além de Doctor Who. Ah, e criticamos a Ação Magazine. Mas por favor, ignorem isso completamente e comentem única e exclusivamente sobre o preview. Lhes imploramos.

Trilha: Black Snake Moan OST

(00:37:07-1:58:58) Preview: Temporada de Verão 2011 – Parte 2

Segunda parte do preview e acabamos com ele. Tudo que você precisa saber para definir de vez o que acompanhar nesse verão japonês está aqui. Se não tiver nada, mas nadinha de nada, você é um chato. Você gosta de filme cult, em preto e branco, com gente conversando e fumando por 3 horas e crianças nuas fazendo sexo com animais. Mas como somente os JCasters gostam de produtos assim, temos certeza de que encontrarão algo de seu agrado em nosso menu. Não tomem cuidado se gostarem de tudo. Ninguém tão eclético assim pode terminar bem. Deixem essa ciência perigosa de consumir tudo para os profissionais sem vida pessoal. Sem julgamento, não estou apontando dedos nem citando nomes.

Comentados nessa edição:

Morita-san wa Mukuchi
Kami-sama no Memo-chou
Nyanpire The Animation
No. 6
Mayo Chiki!
Yuruyuri
Mawaru PenguinDrum
Nekogami Yaoyorozu
R-15
Manyuu Hikenchou
Dantalian no Shoka

Trilha: Sambomaster – Kyukyoku Best

Então, né, gente, mandem emails para alojcast@gmail.com, e até semana que vem!

  • Tang_

    Mais polêmica no rant? Mal posso esperar. xD

  • Éder

    Mais polêmica no rant? Mal posso esperar…pra pular :-p

  • Seasky

    A ending do Nyanpire é o Hyadain, que canta a abertura do Nichijou

  • crossingyuuya

    Hm… Esse cheirinho de JCast novo pela manhã… Ah, agora já é de tarde.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000143493762 Jairo Junio Tavares Pedro

    Nossa mano meu nome é JAIRO hahaha tinha que ser o pior hahaha

  • http://www.inteligivel.com Leonardo

    Aê! Nada contra a Ação Magazine, tomara que dê muito certo. Mas os comentários do Laivindil no rant são mais que pertinentes. =)

  • Ananias

    Cruel ter um parágrafo todo sobre o último filme do Pooh e nenhum comentariozinho no podcast. A única resenha que conseguiria levar em consideração sobre este filme seria a do Laivindil. Mas tudo bem, o filme nem chegou a entrar em cartaz na minha cidade mesmo.

  • Legenda

    Ao falar de Mayo Chiki!, vocês deviam ter comentado daquela personagem que é bronzeada, peituda, usa oculos, orelha de gato, parece ser avoada, e sei quantos outros fetiche ela carrega.
    E é impressão minha ou deixaram entender que o MC desse show sangra o nariz quando toca uma garota?

    Acho que sou o unico que não gostou de Mawaru PenguinDrum.

  • http://gasparnolasco.deviantart.com/ Gaspar Nolasco

    "Nenhum de nós gosta de hentai nem nada desse tipo"
    –Yohan

    Wat??

    • Yohan

      Bom falar por eles talvez tenha sido demais mesmo, mas eu não gosto de pornografia desenhada…

      • http://gasparnolasco.deviantart.com/ Gaspar Nolasco

        Ah, mas o outro tipo é tão sem graça… ¬ ¬

  • anachan

    pegou fogo o rant de novo, hein, heh!
    Eu prometi não me estender dessa vez, mas né, é impossível não comentar sobre a Ação Magazine..é um grande acontecimento, depois de um período meio estagnado de produção de mangá nacional – e fuckyeah, que venham. Vários. Todos. Maurício de Sousa não enfiou um 'estilo mangá' a toa na sua preciosa Turma. Mas é muito legítima a preocupação do Laivindil sobre os criadores. Realmente, contar bem a sua história é o principal, independente dos estilos e influências – e essa não deixa de ser uma das principais características do mangá, que é a imersão do leitor nos universos de suas páginas. (é algo que o livro do Scott McCloud, Desenhando Quadrinhos, mostra muito bem.)
    Existem muitas lições a serem aprendidas no mangá que vão muito além dos olhos grandes, cabelos espetados e linhas de movimento. Mas é melhor ir logo ao preview. XD
    Kami-sama no Memochou: eu nem tinha tomado conhecimento, quaaase pensei em dar uma chance depois do preview, mas ainda não é prioridade, tem mta coisa na frente. Um dia, quem sabe.
    Nyampire: É fofo, mas…aquele encerramento é do mal. MAL. Pure evilness. Mas eu teria uma caneca e um caderno dele. =3
    No. 6: pelo que me falaram, tem TONELADAS de yaoi feelings em No.6, assim como em Tiger & Bunny – tipo, insinuações. Também coloquei na minha lista pra mais tarde, pra ver tudo de uma vez. E é Bones, né. Bones é bom.
    Mayo Chiki: ADOREI a descascação de Mayo Chiki. Profundo desprezo por esse troço, só pelo trailer. =3 Eu tinha até me interessado pelo resumo da light novel e tal, MAS…sei lá, ou cagaram tudo na versão anime ou aquilo é horrível por natureza. Que os punheteiros sejam fe-li-zes, mas que mal gosto, hein!!!¬¬
    Yuru Yuri: hm, not. (mas defender isso e linchar Uta no Prince tem que ver isso ae, hein…puro gosto pessoal)
    Mawaru Penguim: também tá na lista pra ser visto depois, deve ser uma experiência e tanto. Daquelas alucinóginas.
    Nekogami: me lembra a questão da Viagem de Chihiro =3 guardadas as devidas proporções, mas histórias de youkais e kamis sempre me interessam. Ainda mais com as referências a videogame, parece interessante.
    R-15: MEDO desse R-15, parece ser muito sem noção. Mas até que é criativo, de um jeito safado, tenho mais simpatia por ele que por Mayo Chiki, que quer fingir que tem história. Agora, fiquei curiosa com essa censura iluminada do mal. 8D
    Dantalian: meu favorito da temporada, acompanhando semanalmente. É muito lindo em tudo…a animação é maravilhosa, os contos dos livros são divertidos e o jeito que eles se manifestam no mundo real é interessante, fora a referência ao Mundo Dentro do Jarro no primeiro episódio (tem um conto em Sandman com essa lenda também). O poema que ele lê pra vencer o dragão é bíblico e é um trecho verdadeiro do livro. Esse estou acompanhando semanalmente, é muito caprichado. E pela abertura do segundo episódio, tem mais personagens interessantes vindo. Não acho que importa muito se não é original, é um anime vitoriano bem feito pra caramba e se continuar com essas referências literárias, tem tudo pra ser bem rico. Nesse tipo de ambientação, a atenção aos detalhes enriquece muito a experiência, e a Gainax tá inod muito bem. É baseado em um mangá, mas ainda não li. E não comentaram o ending! Aquilo é muito bacana, tanto a música quanto o clipe circense em live action.
    …não vão comentar Nurarihyon no Mago Sennem Makyou? T___T É muito melhor que a primeira temporada, inclusive pode ser visto independente – eles reapresentam todo o universo e personagens no primeiro episódio de novo, em forma de flashback, e funcionou bem, usaram o 1o capítulo real do mangá que havia sido ignorado. Até agora tá fidelíssimo, e essa saga é ótima no mangá – quem puder, leia, a maior infelicidade do mangá de Nuramago é estar na revista errada. Não devia estar na Jump.
    Depois desses comments e de fazer jabá, vou-me XD até semana que vem!

    • Freakytooms

      Qdo é q a anachan vai participar do jcast ?

      • anachan

        Eu? XD Só pq sou tagarela? (apesar de que seria bacana conhecer os meninos^^''')

      • http://gasparnolasco.deviantart.com/ Gaspar Nolasco

        Haha, apoiado.

    • http://www.subeteanimes.com Panino Manino

      Muito bem lembrado sobre o capítulo "Ramadão" de Sandman, o nº50.
      Aquele é lindo demais, uma obra de arte.

      Também estou gostando bastante de Dantalian, mais do que previa. O que tem agradado a muitos, principalmente as garotas, é o Huey ser homem.
      Enfim, minha única crítica com a série é se ela se limitar apenas a tocar em ideias, mas sem discuti-las. Exemplo do Livro da Sabedoria. Ao invés de discutir, pulou direto para a conclusão. Foi tão rápido que arriscta alguns nem notarem.
      Meu medo é de surgirem mais ideias interessantes e eles serem jogadas ao vento.

      • anachan

        né!!!Me senti meio trolada no livro da sabedoria também, principalmente por conta do prólogo do episódio, parecia que seria algo mais sombrio. Apesar de que a conclusão fez sentido (todos eles vão ficar super ricos e viver felizes para sempre vidinhas medíocres sem se preocupar com o destino do mundo 8D) Mas como ainda tá no esquema 'monstro/livro da semana', acho que nos próximos engrena de vez.
        E não sei se ser homem é um diferencial, mas só do Huey não ser um adolescente me deixou mais feliz.. Principalmente em relação a Dalian, sendo ele um cara já mais maduro, as tiradas tsundere dela têm o efeito de 'garotinha rica mimada' mesmo, nada superestimado como acontece com algumas tsundere de anime com protagonistas mais novos…

  • Tang_

    Vocês deviam continuar assistindo Yuru Yuri. O episódio 5 foi hilário e a irmã obssessiva da Akarin vai aparecer: http://i.imgur.com/QGouB.jpg Mal posso esperar. [2]

    • Yohan

      Yuru Yuri é bom demais, eu falei pra eles.

      • Tang_

        E no episódio 2 aparece a melhor personagem na minha opinião. Chitose e seus yuri googles. hehe

        • Yohan

          Com a seiyuu da Yui, não dá pra ficar melhor!

  • http://twitter.com/wwalbr Will Walbr

    E aí, Personas! Valeu pelos minutos gastos com a AM e pelos elogios ao MADENKA! Pensei em explicar alguma coisa sobre a revista, mas vou deixar isso pros editores…

    Sobre a minha parte, não sei o quanto do que faço pode ser rotulado de mangá! O que me importa é só contar uma história. Tiro minhas referências em sua totalidade de filmes, músicas, games… Espero que toda a equipe consiga acertar o que não tá funcionando rápido e que isso traga muitos outros projetos a vida. Garanto que tô ralando pra acertar o que não deu certo! :)

  • Freakytooms

    Dei uma olhada até a metade do primeiro ep. de Kamisama no Memochou. Ultimamente tenho notado q a temática de coisas relacionadas ao emprego no JP tem sido bastante abordadas por lá. Karyu No Utage (NHK) e Freeter, Ie o Kau (Fuji TV) abordam os relacionamentos humanos ao redor do tema desemprego e orgulho.
    Quanto à Ação Magazine o debate foi bem intenso. Uma argumentação melhor que a outra. Um jcast melhor q outro. Tá loko.
    Abs.

  • http://www.brazilmanga.com Fábio[portuga]

    Olá Galera, acho que é a primeira vez que comento aqui… ou não.. q seja.

    Gostei dos comentários sobre a ação Magazine, apesar de não concordar com todos, a maioria for pertinente…

    Eu já comprei a minha também e na minha opinião Madenka é o que realmente tem mais cara de Mangá, porem acho que não foi nada forçado, esse primeiro cap mostrar os personagens e as situações de forma bem divertida e direta, mas o que mais achei interessante foi a utilização de personagens do folclore brasileiro, torço para que a Ação Magazine de certo e continue sendo publicada por muito tempo, quero ver mais disso.

    Quanto os outros "mangás" jairo e tunado, gostei muito da história de Jairo, apesar de também ter ficado meio incomodado com o traço meio sujo, particularmente não gosto, mas gostei muito da história. Tunado achei muito genérico tanto a arte quanto os personagens, não fiquei interessado de primeira mas quem sabe…

    Quanto aos animes… nessa temporada só estou acompanhando Usagi Drop e Mawaru Penguindrum, cheguei a baixar o primeiro epi de alguns outros mas nenhum me chamou atenção e não vou acompanhar, porem como falaram muito bem do Kamisama no Memo-chou e esse ainda não baixei o primeiro epi, vou dar uma chance para ver se gosto dele.

    Abraço a todos!

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=1328316406 Daniel Guimarães

    Gostei de Mayo Chiki! Aonde compra Cianureto? T_T

  • http://gasparnolasco.deviantart.com/ Gaspar Nolasco

    Os reviews da temporada do Jcast sempre são os melhores episódios. Curto ouvir estes em casa mesmo, Youtube aberto vendo os trailers de cada anime enquanto vocês falam suas impressões. realmente muito bom.

    Não vou dizer que essa temporada está fraca porque vou acompanhar inicialmente pelo menos 3 ou 4 animes da line-up, mas senti falta de um pouco mais de variedade. Não sou muito fã da onda de lolis hikikomoris vitorianas que anda na moda agora, nem dos 10 novos K-Ons (ou Lucky Stars) que apareceram nas últimas levas.
    Ao menos não teve nenhum vanguard VANGUARD mesmo dessa vez.

    BTW, Finalmente ouvi o review de Eve no Jikan do Jcast 140. Parabéns! Não só concordo que o filme é muito bom como também fiquei surpreso! Ouvir um Hare-Krishna um Ateu e um… sei lá o que o Darko é… discutindo existencialismo e tecnologia pós humana num clima tão amigável e respeitoso me fez ter novamente fé na humanidade por um instante… depois eu lembrei que o Laivin' gostou de Transformers 3 e a fé na humanidade foi pro saco de novo. ;_;

    E nota 10 pra escolha totalmente aleatória de trilha do rant! Samuel L. Jackson cantando blues é indiscutivelmente foda! Black Snake Moan… Pensei que só eu tinha visto esse filme maluco.

  • http://twitter.com/Rubiopaloosa @Rubiopaloosa

    Mayo Chiko é tão cliche tão cliche que ficou de boa para mim, ainda não sei qual parte dele me faz querer assistir. e não acho que cliche seja algo ruim, SE mais tarde colocar novos ingredientes na mesa.
    YuruYuri caiu naquilo de preferir ficar no manga, o anime deixou mais lento o que já é algo lento. pelo menos vendo o primeiro episódio.
    pos-cast fui dar chance para Memo-chou e PenguinDrum, gostei mais de Memo-chou, com a comparação com Goscik, não tem o elemento que me fez odiar Gosick, um principal pussy…claro ele é pussy tambem, mas outro tipo de pussy, é não fica gritando.

  • http://twitter.com/RaphaelSoma @RaphaelSoma

    Como demorei, lá vai alguma coisa sobre Idolm@ster pra vocês, pra acertar alguns pontos:

    – Quanto aos games da série: Há a série principal pra XBox 360: Idolmaster 1, Idolmaster Live For You (a versão "Champion Edition" do 1) e a versão 2 (esta última a que causou a polêmica toda aquela) mais Idolmaster SP pra PSP e Dearly Stars pro DS. Pelo que deu pra notar do anime até agora, ele se situa durante o segundo game.

    – O gameplay é de um "Raising Sim", parecido com o antigo game Princess Maker pra PC: você é o Producer de uma das Idols, e através de minigames e iteração com sua Idol você aumenta os atributos dela afetando a performance dela no palco. Obviamente você precisa manter certo nível de resultados pra fazer a carreira dela decolar; caso contrário, você leva um dos game overs mais doloridos da história, pois tem que dar a notícia pra ela do concerto de despedida…que é de doer mesmo. Mas se você se aguentar na boa, ainda pode competir com outros jogadores num ranking online. A Namco tirava uma boa grana só com DLC, tanto no arcade quanto no XBox só com o game.

    – A polêmica toda aquela não é por causa só da boy band Jupiter, mas pela remoção de quatro personagens dentre as disponíveis pra se jogar. Se vocês acham que o hate que deu pra Capcom quando ela mostrou o "Dante emo" do novo Devil May Cry foi foda, nesse caso foi MUITO pior. Ao contrário de, por exemplo, um game de luta, cada personagem de Idolmaster tem uma personalidade bem defininda e um jeito bem próprio de se jogar. Claro que otakus retardados e o Sankaku que fazem a coisa parecer pior do que já é.

    – O problema dos guris da Jupiter é que eles foram culpados por esse fato, sendo que na verdade eles teriam a função de serem os rivais do game. Eles tentaram fazer rivais nas versões de PSP (Hibiki e Takane apareceram lá inicialmente com essa função). Mas como o pessoal queria jogar com elas (sendo atendidos depois na versão 2 do 360) os criadores do jogo tiveram que criar personagens que os jogadores não simpatizassem. E não, até hoje eles NÃO são jogáveis…

    – A trap, ou melhor, "a" Ryo, é personagem da versão DS. A inclusão dela foi um modo de ter um personagem pro jogador se identificar, pois, ao contrário das demais, em Dearly Stars você joga com a Idol, e não com o Producer. Até onde sei os fãs mais hardcore (ocidentais) não gostam dessa versão pelo gameplay diferente, mas como opinião de "fan hardcore" de Im@s vale tanto quanto…deixa quieto…

    – O jeito de se ler "765" no nome da produtora é "namuko" ou Namco, a produtora do game.

    – Minhas preferidas? Yayoi (a pobre, igual a mim :P), Haruka (a "principal"), Iori (a ojou da testa grande) e Hibiki (a amiga das coisas vivas), sem ordem específica. Gosto um pouco da Azusa (a mais "encorpada")e da Takane (a misteriosa) também.

    – Com toda a polêmica que teve na segunda versão, não houve vendas boas o bastante. Por isso a Namco jogou a exclusividade pro espaço e meteu uma bitola imensa no rabo da Micro$oft, e o jogo vai sair pra PS3. É a um passo de ter versão americana…SE a minha suspeita da Micro$oft gringa estar barrando o jogo for real…mas a Namco O-DEI-A ganhar grana…

  • http://twitter.com/RaphaelSoma @RaphaelSoma

    Agora, o comentário referente a esta edição do JCast…que pode ser um pouquinho…"polêmico"…

    Bem…devo dizer que o Laivin enfim conseguiu me tirar do sério desta vez; fiquei a ponto de mandar ele tomar no…mas não mandei, claro (tenho certa decência, apesar de não parecer). Porém, eu queria que ele me comprovasse a teoria dele de que "SEMPRE um anime tem que inovar pra ser bom". Por que diabos algo não pode ser divertido sendo simplesmente um "feijão-com-arroz" bem executado? Depois de ver mais alguns episódios do Mayo Chiki notei que ele não era tão tosco quanto eu imaginava. Pelo menos não pra justificar o piti agazelado que o Laivin teve; eu achava que era um horror "nível Xebec" pelo xilique dele…

    Não é o tipo de coisa que vou acompanhar agora; mais provável que eu baixe, grave num DVD e deixe pra ver num daqueles dias de chuva numa sentada só, ou pra passar pra algum "conhecido que quer ver um desenho japonês". Mas até que achei divertido e bem feito tecnicamente (animação, etc). Tem horas que acho que muita gente tem conceitos elevados "demais", e eu juro que, naquele momento, eu não vi diferença nenhuma entre esse piti do Laivin e os caras do Video Quest falando de Haruhi. Sim, eu sei que pode ser visto como ofensa (e se foi, desculpas), mas foi a impressão que eu tive. Também não me esqueci que os reviews da temporada são de opiniões PESSOAIS. Mas pode ser que alguns possam entender errado, da mesma forma que eu percebi, e isso que tenho vocês como amigos (pelo menos Darko & Yohan, com quem tive mais contato). Claro que nós que ouvimos faz tempo, já estamos todos acostumados com o Laivin, nosso "Azaghal do JCast". Mas imagina alguém de primeira viagem ouvindo o review? Será que ele não teria uma impressão negativa da mesma forma que eu tive naquele momento?

    Já que tanto vocês como eu somos formadores de opinião, temos que tomar cuidado não com o que falamos, mas COMO falamos. Eu não vou dizer que o Laivin tem que deixar esse jeito xiliquento dele (pois se ele perder isso, morreu 1/3 do JCast), mas vale a pena analisar as coisas de acordo com o intuito que foram feitas. Claro que nem fodendo que Mayo Chiki veio pra bater de frente com Penguindrum, por exemplo. Mas ele deveria ser comparado com obras no estilo dele, no caso de comédia romãntica/fanservice; eu achei que de acordo com essa categoria, comparado a animes desse tipo, ele está na média.

    Eu bem que disse que pra pintar uma jóia como Code Geass, Madoka ou Gurren Lagann vai demorar. E esses três que citei são incríveis dentro das categorias a que fazem parte (mesmo que alguns sejam únicos, eles se enquadram em algumas). Não tô dizendo pra vocês a mudarem seu jeito de ser (pois aí perde a graça), mas até a próxima pedra preciosa aparecer, tentem avaliar os animes da temporada pensando no seu público-alvo.

    Esse foi um pequeno toque pra dar uma força aos amigos. E sigam me dando minha diversão semanal, como sempre. Até!

  • http://twitter.com/x23Kaoru @x23Kaoru

    Larguei Kamisama no memochou depois que vi a Alice. Agora é ver Mawaru PenguinDrum e depois Yuruyuri (só pra ver se é muito ruim, dai vou poder arremesa-lo no Yohan como contra-ataque)

  • crossingyuuya

    Que isso Yohan, YuruYuri acima de NO.6?
    Nope.jpg

  • rafael Taira

    gostei da trilha sonora. ma esses jcast sai muito rápido.

  • Renato

    Gostei de Kamisama no Memochou, Nyanpire e principalmente, Mawaru Penguindrum. Por falar nisso, VEJAM REVOLUTIONARY GIRL UTENA! É muito bom!! O anime, o mangá, o filme, tudo! E façam review