JCast #197 – Temporada de Primavera 2018


Download
Renovaram La Casa de Papel pra segunda temporada e BRASIL I’M DEVASTATED. Quero dizer, eu tô feliz, claro. Mas eu digo isso: PRISON BREAK. Vocês lembram? Tomara que dessa vez eles consigam esticar com qualidade uma historia claramente feita pra durar uma temporada só. Acho que o sentimento de perda é saudável. Eu fiquei arrasado com o final? Fiquei. Eu tô morrendo de saudades dos personagens que sobreviveram? Tô. Mas qual é o problema em simplesmente ficar com essa saudade? A vida é feita de saudades, não é mesmo? Também é feita de recomeços, é verdade; agora vamos recomeçar. Empieza el matriarcado. Bella Ciao, Ciao, Ciao. Calma, não vou ficar soltando bordões da série pra encher linguiça. Ganhei umas duas linhas, ufa. E agora? Vamos falar sobre a prisão do Lula. KIDDING. Não nos posicionamos politicamente no JCast, né não? Mas temos muitas posições, já que a gente não consegue falar de anime sem problematizar. Somos os poster children da problematização. Eu já falei sobre isso antes. Tô nessa de repetir os temas dos textos. Vocês vão ver que as historias se repetirão e ficarão mais curtos também, mas é por estar passando por uma fase meio difícil. Tá rolando um breakdown, mas eu vou sair dessa. Mandem suas orações, em qualquer idioma ou melodia. Ou mandem dinheiro, ou aqueles cartões que valem coisas, sabe? Como 100 reais na Playstore. Ou 50 reais de Uber, ou três meses na Crunchyroll. No Crunchyroll. Sério, me faria tão feliz uns presentes. A gente recebia presente antes de ser modinha. Antes de ter youtuber cujo único propósito é receber coisas. A gente poderia ter sido o pioneiro do unboxing. Quer saber? Fake it til you make it. Vou só abrir o bocão e dizer que, ao menos no Brasil, fomos os pioneiros do caralho dessa porra de unboxing. Tenho certeza que temos algum episódio em que a gente abre os pacotes e vê o que tem dentro. O conceito é só esse mesmo né. Bem sem graça. Bem… acho que já deu, parágrafo razoável. Então vamos lá que eu ainda tenho que inventar uma lista de avisos. Leiam, por favor pois sem eles não conseguirão apreciar o podcast que se segue.

  • Voltamos com o preview
  • Tem muitos remakes nessa temporada
  • Só remake bom
  • É tipo, Ô jeito de fazer remake
  • Se não for assim, nem faz
  • Ai gente Vingadores semana que vem
  • Quem liga pra anime nesse hype todo?
  • Vamos ver o filme e voltar pros animes depois
  • Mentira, ouçam nossas recomendações
  • Você acha que é fácil lutar contra o TDAH e ver esse monte de coisa?
  • Tá pensando que travesti é bagunça?
  • Deu trabalho pra ver, pra gravar, pra editar então ouve logo
  • Mas não consigo parar de pensar em Vingadores
  • Vai ser a experiência mais deliciosamente frustrante de 2018
  • Mais que Solo
  • Ge Ge Ge Ge Ge no Ge
  • I don’t care at all
  • Que cojones haces?
  • Gente como faz o ? de cabeça pra baixo?
  • Recomendo Legend of the Galactic Heroes pra insônia
  • A gente não fala isso na gravação mas o segundo episódio de Golden Kamuy é maior bom
  • Eu só vi metade mas foi uma ótima metade
  • Recomendem pra gente animes que não assistimos
  • Megalobox deve envelhecer muito mal, eles já fizeram com cara de coisa velha
  • Vamos descobrir daqui a uns 15 anos
  • Qual esporte falta ganhar um anime?
  • GENTE! Alguém faz um anime sobre competição de beleza de cachorro
  • Deve ser muito chato ter seu pai morando dentro do seu cabelo
  • Emails serão bem vindos em [email protected]

Nesse episódio tem:

  • Legend of the Galactic Heroes
  • Golden Kamuy
  • Gegege no Kitaro
  • Lupin III
  • Megalobox Part V

JCast #183

Participantes: Darkonix e Laivindil


Download

Seus olhos não se enganaram, nós estamos de fato fazendo um preview da mais recente temporada de animes. Antes, porém, de se deliciar com essa profunda e catártica análise do que há de melhor e pior e mais ou menos e bom se não fosse o excesso de calcinhas da animação japonesa, atente para certos lembretes.

  • Ainda é um preview se você não viu nenhum título então não venha dizer que as séries já estão acabando.
  • Mesmo se já está vendo alguns dos títulos, ouça nossas impressões, deixa de ser escroto.
  • Não importa quantos títulos empolgantes existam, nunca estaremos tão animados assim.
  • A razão disso é simples, nenhum deles é a terceira temporada de Suzumiya Haruhi.
  • Já existem oficialmente mais waifus do que otakus solteiros disponíveis.
  • Você pode ser poli com sua waifu? Is that a thing?
  • Nós falamos Kiznaiver, ainda que no desenho eles pronunciem KiznaÍver. 
  • Teach me how to dougie, teach teach me how to dougie
  • Essa temporada de primavera tá super ok
  • Tem pra todos os gostos
  • Até pra gostos que você não sabia que tinha
  • Communism will win
  • Muitos títulos bons pra continuar acompanhando, o dia agora está consideravelmente menor.
  • Animação japonesa ainda é a melhor do mundo.
  • Só ela pode te fornecer uma sincera amizade entre uma divindade urso e sua sacerdotisa melhor amiga infantil que evolui para bestialidade antes de ficar fofo de novo.
  • Animes com conotações sexuais infantis são matéria prima pra piada fácil, mas seria injusto reduzir a isso.
  • Eu reduzo por não ser comediante e sempre usar o que rende a piada mais fácil.
  • Tem sci fi, fantasia, mecha, motos, navios de guerra e uma garota fofa associada a cada um desses elementos.
  • Viu?
  • Você pode acompanhar só os curtas.
  • Espero que curtam esse JCast feito com muito esmero e se não curtirem não se manifestem pois gravamos de madrugada e até agora estamos com sono atrasado.
  • Pela internet ilimitada, eu voto SIM

JCast #174

Preview: Temporada de Inverno 2013

Participantes: Darkonix e Laivindil

Cá estamos nós em 2013, ainda achando que a “década passada” são os anos 90. Vai demorar pra fixar o conceito de que os anos 2000 se foram e já estamos 3 anos dentro da década seguinte. O mundo não para e o JCast entra oficialmente na crise de meia idade. Somos bipolares e não vemos mais o brilho das coisas simples da vida. Cinismo disfarçado de maturidade. Ainda bem que com um novo dia, vêm novas esperanças. Você pode mudar tudo o que não te agrada. Desde que se tenha dinheiro. See what i did there? Fui bipolar e ilustrei bem nosso JCast em crise. O ano começa sem muitos mistérios. Já sabemos quem é a Gossip Girl, por exemplo. Ninguém se importa com o final de Revolution. Quem somos e o que o viemos fazer aqui jamais será respondido, a vida foi escrita por Damon Lindelof. (Piada preconceituosa que não faz parte das crenças internas deste que vos escreve, mas eu precisava da punchline. Meus sentimentos estão com vocês, redatores do Zorra Total) Ainda assim podemos comemorar. Doctor Who está voltando. Barack Obama ganhou a eleição. Silas Malafaia não morreu, mas ele só não é mais irrelevante que o Tiririca. O mundo não acabou, e… olha, aí está um conceito bipolar. Como saber se o não término da criação material foi benéfico ou não? Depende do ponto de vista. Você pode dizer que não faz sentido o Dan ser a Gossip Girl, já que ele foi vítima direta desta durante muito tempo, além de ter descoberto coisas sobre pessoas queridas através do blog, ou pode encara-lo como o mais fascinante exemplo de esquizofrenia já retratado na tv. Depende de você. Alô Alô, Graças a Deus. Mudar o ponto de vista pode ser cansativo. Você vai querer desistir. Então nem comece.

Continue lendo “JCast #174”