JCast #138

Rant: X-Men First Class, Haruhi, Yohan assistindo Doctor Who, The Hangover e O Olho da Vida (ou da Alma)
Review: Madoka Magica, COM SPOILERS

Participantes: Darkonix, Laivindil, Yohan, Raphael Soma e Carlírio Neto

Entropia. Quem diria, meus amigos, quando você estava na escola e dormia ao som dessa palavra, que no futuro ela se tornaria tão legal. Dá até vontade de mandar para os japoneses sugestões de termos chatos mas com potencial, para usarem em suas produções. Como adiabático. Ou difração. Ou Gloria Menezes. É nossa mahou shoujo favorita tecendo as novas tendências verbais do século 21. Isso é tão importante que ela ganha mais uma edição dedicada a seu anime, só que agora com spoilers liberados. Vocês tiveram bastante tempo para assistir, então estaremos de olho nos downloads. Os ouvintes habituais que não baixarem o podcast terão seus ip’s devidamente anotados. Daremos um jeito de vincular seus nomes com download de pornografia infantil e enviaremos para a PF. É muito fácil, o JCast possui conhecimento interno do assunto. Também somos ótimos em repetir as mesmas piadas sempre, pois é seguro. E admitimos isso antes que joguem em nossa cara, arruinando assim sua futura crítica. Sempre um passo adiante. Em todos os sentidos. Mesmo que encontrem outro podcast falando sobre Madoka, não será tão bom como esse. Em nenhum outro lugar os participantes comentarão sem pudores sobre as calcinhas das protagonistas. Bang, fizemos de novo.

(00:00:36-00:16:35) Rant: X-Men First Class, Haruhi, Yohan assistindo Doctor Who, The Hangover e O Olho da Vida (ou da Alma)

“a vagina
é um bolso
um calabouço
um poço no jardim

a caixa de pandora
a lâmpada de aladim
que homens adoram
e mulheres que não
e que sim”
(Poema da Vagina, Águia Mendes)

O Olho da Vida (ou da Alma)

Ah, e o Yohan está vendo Doctor Who. Mas só porque o Doutor é ateu. Sujeitinho bairrista.

Trilha: Casker – Polyester Heart

(00:17:20-01:46:44) Review: Madoka Magica, COM SPOILERS

Um bando de homem cabeludo discutindo um anime sobre garotinhas? Nem tanto. Já estabelecemos aqui o conceito de que Madoka tem uma paleta muito mais amplas de temas e emoções e só batemos tanto nessa tecla no passado para deixar os convidados mais confortáveis. Apesar do que diz a lenda urbana, quem participa do JCast falando sobre animes controversos não sofre bullying depois. Nós nem apoiamos esse termo. Então pule dentro desse papo acalorado e descubra se suas teorias malucas e completamente erradas foram compartilhadas por alguém. Pois teoria nenhuma de ninguém foi confirmada no final, mesmo. Então relaxa, para de ser tão sensível a esse respeito. Junte-se aos losers. E fique na torcida com a gente, para futuros projetos animados que se passem nesse mesmo universo. Ah, e já que o Laivin aqui não estava na discussão, deixo bem claro minha opinião, que tem o poder de decidir qualquer dilema: por mais que queiramos, não há Yuri em Madoka, aquele bicho escroto é um filho da puta, e no mundo novo todas as crianças podem comer doce na janta. É o mais lógico. É o que eu faria.

~nothing but malice and misery~
NETOIN!

Trilha: Yuki Kajiura – Mahou Shoujo Madoka Magica Special CD 2 – OST

Tô com preguiça de escrever qualquer coisa aqui, quem reclamar que venha lavar a minha louça. É com essa simpatia e receptividade que vos peço: mandem emails para [email protected], e até semana que vem!

I Put A Spell On You

JCast #137

Rant: Final de Smallville, Reboot da DC e X-Men: First Class
Review: Madoka Magica, sem spoilers

Participantes: Darkonix e Laivindil

Semana excitante à vista! Não seria assim de forma alguma, se não fosse pelo JCast. Somos o melhor escapismo do mundo. Você nos escuta, ganha aquele renovado ar de auto-confiança, ao perceber que não é tão estranho como a gente, e pode enfrentar a semana com muito mais amor no coração. É nossa função na vida, e por isso abusamos às vezes das bobagens. Hoje até que estamos calmos. Não vamos correr o risco de sobrepujar o tema da semana, que merece a sua completa atenção. Esqueça quem somos, e nem preste atenção nas opiniões. Como exatamente farão isso, já que estarão ouvindo o nosso review, eu não sei. Descubram. Assistir Madoka também é um teste para os seus sentidos e todos nós passamos por isso. Ah, você não passou ainda? Então ouça essa primeira parte totalmente spoiler-free e faça o favor de assistir a série toda, pois semana que vem tem mais. E ninguém será perdoado.

(00:00:25-00:27:08) Rant: Final de Smallville, Reboot da DC e X-Men: First Class

Smallville acabou e a pergunta que nos acompanhou durante dez anos ficou sem resposta. E não é a idade do Tom Welling, mas se ele fica bem ou não com a cueca por cima das calças. Não pudemos ver com clareza, no máximo um pequenino dublê digital cruzando um céu digital rápido demais para disfarçar algumas restrições orçamentárias. Propaganda enganosa. Mais do que o saco diminuido digitalmente do Brandon Routh. Sim, não sabia, menina? Dizem que ficava estranhamente evidente na cueca vermelha e poderia colocar em risco a atuação do cara, já que ninguém iria reparar muito em suas expressões faciais. Vai que o Tom Welling tinha o mesmo problema. Ou o problema inverso. De ambas as formas, a produção não poderia arcar com o problema. Melhor colocar o Red/Blue Blur bem rapidinho e todo mundo fica feliz. E por falar em heróis com vestimentas mais dignas, X-Men volta aos cinemas. Emma Frost infelizmente não pega o Scott Summers, pois pelo jeito ele ainda não tinha nascido ali. Eu gostava desse casal. Ela não pegaria de todo modo, pois ele morreu em X-Men 3. Se bem que diferenças cronológicas óbvias impedem esses filmes de coexistirem no mesmo universo. Então podemos ter X-Men 4 Goes DC Comics com personagens de vários universos e cronologias em um bacanal cósmico.

Trilha: Tokyo Jihen – Shuraba

(00:27:49-01:19:42) Review: Madoka Magica, sem spoilers

Aproveitem pois não é sempre que falamos de algo que ainda está quentinho do forno. Puella Magi Madoka Magica pode inspirar graça, desconfiança, excitação, o que for. Mas definitivamente esteve na boca de todos e roubou para si a temporada passada, que apresentou duros concorrentes. Mas não teve jeito. Menininhas com armas sempre ganham a briga. Ainda mais se for feito de uma forma nunca antes vista. E não é exagero de fanboy. Somos fanboys, mas não somos exagerados. Quando dizemos que uma série foi tão boa que abriu fendas na fábrica da realidade, nós estamos falando sério. Coisas estranhas começam a te espreitar á noite quando você assiste esse anime. E você passa a ter perigosas idéias de vestimentas para suas futuras filhas. E nunca mais você enxerga seu gato de estimação com os mesmos olhos. É uma experiência de vida. Então aproveitem que mordemos a lingua e não revelamos spoilers, e ouça sem medo. Tenha medo depois. E volte semana que vem para a épica conclusão.

http://www.youtube.com/watch?v=Wa3o0yCwHto

http://www.youtube.com/watch?v=CKRHiue2sIM

E assistam o último vídeo de uma forma interessante.

Trilha: Yuki Kajiura – Mahou Shoujo Madoka Magica Special CD 2 – OST

Está fazendo um frio SOBRENATURAL em São Paulo. Sério, me sinto na Sibéria. Como vocês sobrevivem? Persisto em minha batalha pela vida, enquanto o ar paulistano adentra meus poros como um milhão de pequenas e afiadas navalhas. Por isso me mandem emails de apoio para [email protected], preciso de força nessa prova de resistência que a vida me impõe. Só não venham me dizer que ainda não começou o frio de verdade, que agora é impossível! Enfim, até semana que vem, pessoas.

I Put A Spell On You

JCast #120

Rant: Skins americano e hipocrisia jornalística
Preview: Temporada de Inverno 2011 – Parte 1

Participantes: Darkonix, Laivindil e Yohan

A gente fez isso uns anos atrás, e resolvemos fazer de novo – e a idéia é transformar em uma prática regular na vida desse podcast. Assistimos aos animes que estrearam essa temporada e resolvemos dar nosso parecer sobre o que presta, o que não presta e o que é guilty pleasure. Só que como são muitos animes e a gente fala pra cacete, cobrimos apenas metade da temporada, a outra metade vem semana que vem. Me acompanhem após o pulo.

(00:00:41-00:14:03) Rant: Skins americano e hipocrisia jornalística

O Laivindil não falou no áudio e eu assisti Skins faz um tempo e isso me escapou, mas a personagem que era negra e não é mais na versão americana é simplesmente a PROTAGONISTA FEMININA da versão inglesa. Nem preciso comentar sobre isso, né? Seguindo esse tom de crítica social, aproveitamos pra falar mal desse jornalismo escatológico que se alimenta de suor e lágrimas do sofrimento alheio. Somos tão engajados.

Trilha: Tokyo Jihen – Killer Tune

(00:14:54-01:13:48) Preview: Temporada de Inverno 2011 – Parte 1

A temporada de inverno chegou, e antes que o Yohan enrolasse novamente pra lançar seu post de primeiras impressões nos prontificamos pra fazer isso no ar, nós três. E não é que esse negócio de acompanhar anime semanalmente é legal? E então, será que o Laivindil aprendeu a gostar de bundinhas peladinhas de bebês japoneses? Oniichan no blablabla tem alguma coisa de positivo? E eu gostei de Vanguard, alguém tem algum problema com isso? Acho bom. Enfim, abaixo a timeline certinha com o momento em que falamos de cada anime, pra facilitar a vida de quem quer assistir primeiro e nos ouvir depois, ou vice versa:

(00:17:28-00:21:53) Yukemui Merry
(00:21:53-00:27:20) Beelzebub
(00:27:20-00:33:32) Oniichan no Koto Nanka Zenzen Suki Janain Dakara ne
(00:33:32-00:43:07) Puella Magi Madoka Magica
(00:43:07-00:47:32) Cardfight!! Vanguard
(00:47:32-00:53:07) Dragon Crisis!
(00:53:07-00:56:15) Mitsudomoe Zoryochuu
(00:56:15-01:04:19) Wolverine
(01:04:19-01:10:43) Level E

Trilha: m-flo – COSMICOLOR

E é isso, agora o JCast tem notícias, então é só clicar no News aí em cima ou dar uma olhada na sidebar pra saber o que a gente acha que é relevante. Pra quem tá ouvindo pela Kombo, nosso endereço é www.jcast.com.br, e pra quem tá ouvindo a gente em qualquer lugar, o email é [email protected]. Beijos para os brotos, abraços para os camaradas e até semana que vem!