JCast #150

Rant: Galinhas sem cabeça, Dinossauros, The New 52 e Kamen Rider Fourze
Feedback

Participantes: Darkonix e Laivindil

Quem tem insônia é madame. Na moral. Se você não ganha acima de dez salários mínimos por mês, não tem direito a  sofrer de insônia, ou de cleptomania. Não ouse ficar deprimido nem seja diagnosticado com síndrome de borderline. Doença de pobre não pode ser tão romântica assim. E isso é ótimo, mantêm seus pés no chão. Quem tem problemas reais pra lidar adoece menos. E quando adoece uma aspirina resolve. Quando começar a sentir aquela vontade de se trancar no quarto, escrever poesias melancólicas ou atualizar seu status no Facebook com recadinhos misteriosos para desafetos em geral, pense no tanto de roupa que precisa ser lavada. Vamos cortar uma grama, alimentar uns pombos, doar pra Unicef. Ouvir JCast ajuda também. Vozes diversas metralhando informação inútil o bastante para manter seu cérebro longe de impulsos nocivos. Cientificamente comprovado. Quem ouve JCast não tem rugas de preocupação nem chora pelo leite derramado.

(00:00:34-00:31:17) Rant: Galinhas sem cabeça, Dinossauros, The New 52 e Kamen Rider Fourze

Vamos homenagear a DC Comics e relançar o JCast. Vai voltar para o número um e nossas origens vão mudar levemente. Nossa cronologia é por demais complexa e isso afasta novos ouvintes. Ninguém entende exatamente quem inventou essa merda, quem começou e quem saiu, quem entrou e quem resolveu falar de Naruto toda semana por semanas seguidas. Nossa trajetória é irregular então vamos reformular essa palhaçada. Na nova origem Laivindil e Darko são jovens herdeiros milionários que resolvem gravar um podcast para que não morram de tédio. E chamam seus empregados mais íntimos para participar, entre eles Yohan. O mais carente de todos. Grande coração. É, desse jeito pode funcionar.

Trilha: Salyu – S(o)un(d)beams

(00:32:14-1:27:02) Feedback

De vez em quando precisamos parar de recomendar coisas por dois motivos: primeiro, para que o Laivindil possa rever seu catálogo e sugerir outro anime que não seja Black Lagoon; e segundamente, para que vocês possam ter tempo de assistir tudo sem que precisem largar seus empregos. Para dar uma arejada em vocês e uma inflada em nosso ego, nós preparamos mais uma edição de Feedback. Todos os hatemails foram editados. Como só recebemos críticas negativas dessa vez, todo esse bloco teve que passar pelos meticulosos filtros de nosso avançadíssimo software de edição. Ele substitui “filhos da puta” por “vocês são incríveis” e “meus tímpanos morreram de desgosto” por “rio litros com vocês, beeshas”. Depois disponibilizaremos gratuitamente o programa.

Megurine Luka desbancará Hatsune Miku?
Madoka com mais de 1GB
Whiners.pro
ji-hi.net
Sakurai Fansub
John Smity by Gaspar Nolasco
JWave #63: K-On!
TeiaCast
Raopo
@rafaelportillo

Trilha: Noriyuki Iwadare – Gyakuten Meets Jazz Soul

Então, né, gente, mandem emails para [email protected], e até semana que vem!

JCast #137

Rant: Final de Smallville, Reboot da DC e X-Men: First Class
Review: Madoka Magica, sem spoilers

Participantes: Darkonix e Laivindil

Semana excitante à vista! Não seria assim de forma alguma, se não fosse pelo JCast. Somos o melhor escapismo do mundo. Você nos escuta, ganha aquele renovado ar de auto-confiança, ao perceber que não é tão estranho como a gente, e pode enfrentar a semana com muito mais amor no coração. É nossa função na vida, e por isso abusamos às vezes das bobagens. Hoje até que estamos calmos. Não vamos correr o risco de sobrepujar o tema da semana, que merece a sua completa atenção. Esqueça quem somos, e nem preste atenção nas opiniões. Como exatamente farão isso, já que estarão ouvindo o nosso review, eu não sei. Descubram. Assistir Madoka também é um teste para os seus sentidos e todos nós passamos por isso. Ah, você não passou ainda? Então ouça essa primeira parte totalmente spoiler-free e faça o favor de assistir a série toda, pois semana que vem tem mais. E ninguém será perdoado.

(00:00:25-00:27:08) Rant: Final de Smallville, Reboot da DC e X-Men: First Class

Smallville acabou e a pergunta que nos acompanhou durante dez anos ficou sem resposta. E não é a idade do Tom Welling, mas se ele fica bem ou não com a cueca por cima das calças. Não pudemos ver com clareza, no máximo um pequenino dublê digital cruzando um céu digital rápido demais para disfarçar algumas restrições orçamentárias. Propaganda enganosa. Mais do que o saco diminuido digitalmente do Brandon Routh. Sim, não sabia, menina? Dizem que ficava estranhamente evidente na cueca vermelha e poderia colocar em risco a atuação do cara, já que ninguém iria reparar muito em suas expressões faciais. Vai que o Tom Welling tinha o mesmo problema. Ou o problema inverso. De ambas as formas, a produção não poderia arcar com o problema. Melhor colocar o Red/Blue Blur bem rapidinho e todo mundo fica feliz. E por falar em heróis com vestimentas mais dignas, X-Men volta aos cinemas. Emma Frost infelizmente não pega o Scott Summers, pois pelo jeito ele ainda não tinha nascido ali. Eu gostava desse casal. Ela não pegaria de todo modo, pois ele morreu em X-Men 3. Se bem que diferenças cronológicas óbvias impedem esses filmes de coexistirem no mesmo universo. Então podemos ter X-Men 4 Goes DC Comics com personagens de vários universos e cronologias em um bacanal cósmico.

Trilha: Tokyo Jihen – Shuraba

(00:27:49-01:19:42) Review: Madoka Magica, sem spoilers

Aproveitem pois não é sempre que falamos de algo que ainda está quentinho do forno. Puella Magi Madoka Magica pode inspirar graça, desconfiança, excitação, o que for. Mas definitivamente esteve na boca de todos e roubou para si a temporada passada, que apresentou duros concorrentes. Mas não teve jeito. Menininhas com armas sempre ganham a briga. Ainda mais se for feito de uma forma nunca antes vista. E não é exagero de fanboy. Somos fanboys, mas não somos exagerados. Quando dizemos que uma série foi tão boa que abriu fendas na fábrica da realidade, nós estamos falando sério. Coisas estranhas começam a te espreitar á noite quando você assiste esse anime. E você passa a ter perigosas idéias de vestimentas para suas futuras filhas. E nunca mais você enxerga seu gato de estimação com os mesmos olhos. É uma experiência de vida. Então aproveitem que mordemos a lingua e não revelamos spoilers, e ouça sem medo. Tenha medo depois. E volte semana que vem para a épica conclusão.

http://www.youtube.com/watch?v=Wa3o0yCwHto

http://www.youtube.com/watch?v=CKRHiue2sIM

E assistam o último vídeo de uma forma interessante.

Trilha: Yuki Kajiura – Mahou Shoujo Madoka Magica Special CD 2 – OST

Está fazendo um frio SOBRENATURAL em São Paulo. Sério, me sinto na Sibéria. Como vocês sobrevivem? Persisto em minha batalha pela vida, enquanto o ar paulistano adentra meus poros como um milhão de pequenas e afiadas navalhas. Por isso me mandem emails de apoio para [email protected], preciso de força nessa prova de resistência que a vida me impõe. Só não venham me dizer que ainda não começou o frio de verdade, que agora é impossível! Enfim, até semana que vem, pessoas.

I Put A Spell On You