JCast #187

Participantes: Darkonix e Laivindil


Download
A madrugada açoita nossas almas com um chicote cujas farpas que se projetam de suas grossas tiras de couro são constituídas de beterraba e decisões ruins. Mas temos que ser como o bambu que enverga mas não expulsa as formigas que andam pelo seu corpo. Olhe pra lua no céu, respire os pequenos fractais de esperança que sempre descem em poderosas lufadas cada vez que o Divino as sopra de seu cachimbo multicolorido com tonalidades engraçadas, abstratas e rancorosas. E faça esse texto logo pois já são três da manhã e você precisa acordar antes das nove. Banco, dança de salão, academia, uns dois episódios de alguma coisa, lavar o cabelo, Blade Runner sessão das 21hrs.

Antes de fugir dessa introdução pretensiosa e correr pra ouvir nosso tão aguardado retorno ao JCast e no mais que do que tão aguardado retorno aos Kamen Riders, peço encarecidamente que deem biscoito pra os seguintes avisos:

  • Kamen Rider Ex-Aid. Sim, você acertou, tem a ver com Hospital.
  • Ex-Aid é o primeiro Rider rosa.
  • Decade era salmão. SALMÃO.
  • Os que tem o uniforme mais afrontoso costumam também ter a melhor história.
  • Eu jogaria alguns dos jogos principais mostrados na série.
  • A gente também falou do Rider anterior, Ghost, e parece que foi ontem.
  • A gravação se perdeu no éter, o que é apropriado.
  • Médicos cubanos? Deportem todos!
  • De acordo com Ex-Aid os mais éticos e competentes médicos estão no Japão.
  • E não atrapalha que seus cabelos sejam sempre estilosos e impecáveis.
  • Ainda existem médicos cubanos no Brasil? Eu estou usando corretamente esse clichê?
  • Os médicos japoneses darão a vida por você, até mesmo quando estiverem ocupados tentando ressuscitar a namorada que sucumbiu a um vírus contraído pelo video game.
  • Aliás, MELHOR VÍRUS.
  • Esse review tem uma parte spoiler free (no sentido original do termo) e uma totalmente spoiler free (no sentido JCast do termo).
  • Tô revendo Madoka Magica e tô muito chocado. Como é bom, Jesus.
  • SOMOSTODOSMAM.
  • Escolham seu ship favorito em um dos Kamen Riders com mais queerbaiting da história.
  • Vai ter japonês de dread SIM! Principalmente se forem dourados.
  • Melhor música tema desde Gaim.
  • Emails serão bem vindos em alojcast@gmail.com.

Knurd Report #39

Participantes: Darkonix e Laivindil


Download
“Nunca abandone suas três grandes e inabaláveis amigas: a intuição, a inocência e a fé.”
Desconhecido

“Lavo as minhas mãos na inocência; e assim andarei, Senhor, ao redor do teu altar. Para publicar com voz de louvor, e contar todas as tuas maravilhas.”
Salmos 26 – Bíblia

Onde se discute a tênue linha que separa a gratificação de fãs e a integridade frustrante de uma obra, se analisa o drama cotidiano que sufoca o que deveria ser empolgante e grandioso, se debate até que ponto é ou não apropriado ser o único fantasiado de um grupo de pessoas boas demais para isso e se dá uma única conclusão para todos esses pontos, conclusão essa que se resume a quão mal ator Finn Jones parece ser. Também se mergulha fundo nas múltiplas interpretações do mais intenso livro de Stephen King (se essa é nossa opinião, então deve ser tratada como verdade universal) e se tenta analisar a inevitável ainda que tardia adaptação cinematográfica com o máximo de separação possível, ainda que se deixe escapar certas notas da flagrância de decepção que exala do filme. Outras conclusões são tiradas, como a que diz respeito a Death Note e sua não-tão-ruim-assim adaptação, e percebe-se uma estranha ausência de blocos dedicados a desabafos, auto-ajuda, militância gay, religiões de matriz africana ou falta de preparo para enfrentar o mundo material. Também não se fala nada a respeito de Bolsonaro, mas tenho a impressão de que esse assunto ainda está para ser tratado no podcast.

Featuring music: Baco Exu do Blues – Abre Caminho e niLL – Meliodas. Emails serão bem vindos em alojcast@gmail.com

(00:02:02-00:34:40) Iron Fist
(00:34:41-00:46:29) Game of Thrones
(00:46:30-01:15:53) The Defenders
(01:15:54-01:42:58) Kingsman: The Secret Service
(01:42:59-01:57:02) Death Note
(01:57:03-02:05:14) Master of None
(02:05:15-02:29:11) It
(02:29:12-02:38:00) Buffy the Vampire Slayer

Knurd Report #38

Participantes: Darkonix, Laivindil e Dri Sweetpepper


Download

“A mudança é a lei da vida. E aqueles que apenas olham para o passado ou para o presente irão com certeza perder o futuro”
John Kennedy

“O inferno somos nós próprios e a única redenção é quando nos colocamos a nós próprios à parte e concentramos os nossos sentimentos noutra pessoa”
Tennessee Williams

No qual se discute todo o final da temporada de Doctor Who, em parte com os apresentadores reunidos no mesmo lugar e falando de vários episódios em um só fôlego por estarem atrasados para assistir Homem Aranha: De Volta ao Lar, filme que nem valeu tanto a pena já que um deles dormiu em sua maior parte. Retorna-se então semanas depois para o término da análise, dessa vez com calma, serenidade e quilômetros de distância, falando-se do episódio final por mais tempo do que todos os anteriores reunidos, mas cavando profundas teorias e análises sobre o passado, presente e futuro de nossa tão idolatrada série. Em uma reviravolta sem precedentes, se interrompe tudo para em tempo real observar a revelação da identidade do 13º Doutor e adicionar mais gritos, teorias e uma defesa de um certo episódio de Torchwood envolvendo uma cyberwoman com boob armor. Não se trata de forma alguma de um episódio linear e normal, mas não seria o nosso podcast se assim fosse, muito menos um dedicado em sua totalidade a Doctor Who, esse alienígena viajante no tempo de dois corações que muda de rosto cada vez que morre mas que não pode de jeito nenhum ser uma mulher porque isso não faria o menor sentido. Para não dizer que nada mais é dito sobre outros aspectos da cultura pop, entregamos aqui uma opinião bônus visando completar o conteúdo do episódio: Alien Covenant é maior bom.

Featuring music: Ney Matogrosso – Não Existe Pecado Ao Sul Do Equador e Rico Dalasam – Procure. Emails serão bem vindos em alojcast@gmail.com

Disclaimer: As opiniões apresentadas nesse podcast não refletem as opiniões pessoais de adultos funcionais respeitáveis.

(00:01:16-01:39:13) Doctor Who
(01:39:14-02:18:50) 13ª Doctor