JCast Mark I #19

O Darko estava profundamente perturbado com o Pikachu pirata que dançava na capa faz algumas semanas. Pois bem, presumindo que muitos também possam estar sem dormir por conta disso, resolvemos acabar com o mistério. Nessa edição, a discussão é séria. Você terá a honra de descobrir, afinal, se é um criminoso desprezível ou apenas um criminoso sem escolhas. Sim, criminoso você já é de qualquer jeito. Conviva com isso.

(00:00:25-00:26:40) Propriedade Intelectual: Definições legais

Então você assiste anime através das fansubbers. Você baixou o final de Lost 15 minutos após sua exibição e ficou esperando cada minuto até a equipe psicopatas lançar a legenda. O que você deve fazer? Sair correndo e jogar todos os seus arquivos na privada e dar descarga é uma boa solução, mas isso é só uma opinião pessoal. De acordo com nosso convidado especial, former member do Jcast, Dyego “Dy-Chan”, nenhuma companhia vai se preocupar em caçar você. Conselho de amigo: procure aconselhamento legal antes de se livrar do material baixado da net. E se por qualquer chance “Super Vicky” estiver na sua pilha, envie para nós, que tomamos conta pra você.

(00:26:48-01:10:48) Possíveis soluções e casos recentes

O mundo dos downloads está matando a indústria, os empresários dizem. Estamos apenas divulgando seu material, as fansubbers se defendem. E quem tem a razão? Na verdade não importa, pois a internet não vai morrer e nos novos tempos que estão chegando, as empresas terão que se adaptar. Estamos na era dos novos modelos de negócio que transformarão o inimigo em aliado. Enquanto isso, aqui no Brasil, desfrutamos de uma cômoda posição em cima do muro. Não temos muitos títulos em DVD, nem queremos viver de Bakugan na Tv Globinho. Nosso lado nessa guerra foi escolhido para nós.

Se você tiver algo pra adicionar, um caso em específico pra comentar, ou só estiver precisando de um advogado pra se proteger, mande emails para [email protected]. A gente se vê semana que vem, se a Polícia Federal deixar!

O JCast Mark I #19 foi embalado ao som de:

Fukuyama Masaharu – Zankyo

Não tem jeito: posso até achar o cenário pop japonês legalzinho, mas o que realmente agrada meus ouvidos são os artistas que fogem desse padrão. Tanto que, em um JCast Station recheado de Johnny’s e afins, um dos que mais me chamou atenção foi Fukuyama Masaharu. Recomendo muito esse álbum, o único dele que ouvi, principalmente as músicas Keshin, Koufukuron e Konya kimi wo daite. As três começarem com K foi mera coincidência, juro.

JCast News #13

Já estamos chegando na segunda semana de maio, e já estava passando da hora de fazer um News com as notícias de abril! Nessa edição tem mais loli ban, a preocupação de Osaka com as fujoshi, o novo Code Geass e muito assunto paralelo, como reviews de Alice, Homem de Ferro 2 e Note e Anote com Ana Maria Braga. Confiram! Continue lendo “JCast News #13”

JCast Mark I #14

A idéia de desbravar os gêneros dos mangás, dando uma visão mais crítica e detalhada de um assunto já tão desgastado, surgiu do nada, quando o Laivindil resolveu gravar um bloco sobre gekigá. E ela não foi abandonada! Nesse bloco tratamos de shonen, os mangás pra garotinhos, em meio à muitos desvios de assunto envolvendo Latino e desenhos em CG. Confirma!
Continue lendo “JCast Mark I #14”

JCast Reviews #22

Mais um Reviews, o penúltimo pra quem já estiver cansando da overdose! E, por falar de overdose, a edição 22 está bem lotada. Resolvi fazer 3 reviews rápidos de 3 mangás que estou acompanhando, ou que li recentemente: Akaboshi, Anedoki e Angel Densetsu. AAA. Confiram a saga do Darko em provar que os títulos são ao menos interessantes, enquanto o Laivin avacalha (quase) todos eles. Continue lendo “JCast Reviews #22”